A conversão de São Paulo

A conversão de São Paulo
A conversão de São Paulo

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Os sofrimentos do jovem Werther - Johann Wolfgang von Goethe

Editora: L&PM
ISBN: 878-85-254-1044-3
Opinião: **
Páginas: 216


     “Que as crianças não sabem o porquê de desejarem algo, todos os pedagogos estão de acordo. Mas que também homens feitos se arrastem como crianças, titubeando sobre a face da terra, e, exatamente como elas, não saibam de onde vêm e para onde vão, até mesmo que não têm um fim determinado para suas ações, igualmente governados por biscoitos, balas e chibatas, ninguém faz gosto em acreditar. Quanto a mim, parece-me que não há realidade mais palpável do que essa.”


      “É natural que, quando um acidente ou um terror súbito nos surpreende no meio do divertimento, a impressão causada seja maior do que em qualquer outra ocasião, um pouco por causa do contraste, outro tanto - e esse viés é mais significativo - por estarem todos os nossos sentidos vivamente excitados e suscetíveis a receber tanto mais rápido uma impressão.”


      “Não existe nada mais perigoso do que a solidão.”


      “De resto, meu caro, dia a dia vejo com mais clareza quão estúpido é o ato de julgar os outros pelas nossas próprias faculdades”


      “E se o cálice se afigurou ao Deus dos céus demasiado amargo quando o levou aos seus lábios de homem, irei eu me fazer de forte e fingir que o acho doce?”

Nenhum comentário: