A conversão de São Paulo

A conversão de São Paulo
A conversão de São Paulo

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Herança – Christopher Paolini

Editora: Rocco
ISBN: 978-85-7980-124-2
Opinião: ***
Páginas: 792

     “Se você não fizer uns inimigos de vez em quando, é covarde ou pior.”


      “É impossível passar pela vida incólume.”


      “Eragon passou os dedos pelos cabelos. Subitamente, sentiu-se muito cansado. Por que tudo precisa ser tão difícil?
     Porque, respondeu Saphira, todo mundo quer comer, mas ninguém quer ser comido.”


      “É uma imaginação hiperativa que transforma os homens em covardes, não um excesso de medo, como muitos imaginam.”


      “Você deveria saber que tudo neste mundo tem de ser pago, em ouro, em tempo ou em sangue.”


      Se tivéssemos suprimentos, eu esperaria e deixaria que a fome os vencesse. Esta seria a melhor maneira (de derrotá-los). Qualquer outra coisa é loucura. Mas, como ele sabia, a guerra é um catálogo de loucuras.”


      “Dizem que crianças são uma bênção para todos nós – disse Galbatorix. Não concordo. Pela minha experiência, crianças são tão cruéis e vingativas quanto adultos. Apenas falta-lhes a força para subjugar os outros à sua vontade.”