A conversão de São Paulo

A conversão de São Paulo
A conversão de São Paulo

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

A Arte da Guerra - Sun Tzu

Editora: L&PM
ISBN: 9788537001943
Opinião: ***
Páginas: 147
     “Toda guerra baseia-se no logro. Portanto, quando capaz, finja incapacidade; quando ativo, inatividade. Quando próximo, faça parecer que está muito longe; quando longe, que está próximo. Ofereça ao inimigo uma isca para atraí-lo; finja desordem e o golpeie. (...) Se alguém quer fingir desordem para atrair o inimigo, tem de agir com muita disciplina. Somente nesta condição pode fingir confusão. Quem deseja simular covardia e fica a espera do inimigo, deverá ser corajoso, pois só então é capaz de simular medo. E o que deseja parecer fraco, para evocar arrogância do inimigo, precisa ser extremamente forte. Só assim pode fingir fraqueza”.


     “Se a noite o acampamento do inimigo está rumoroso, ele está com medo”.


     “Não ataque as tropas de elite do inimigo”.


     “A invencibilidade reside na defesa; a possibilidade de vitória no ataque”.

Nenhum comentário: